O projeto iniciou com análises de cases sobre queimas de equipamentos no segmento de telecomunicações.

Em 2015 foi realizado uma validação de campo com um MVP (Mínimo Produto Viável) bastante rudimentar, mas que gerou insights importantes para a construção de um produto mais robusto.

A partir de 2016 foram formatados os primeiros protótipos funcionais, com capacidade de operação e entrega de resultados técnicos para a proteção elétrica. Com os feedback’s do mercado foram acrescentadas e testadas outras funcionalidades.

No final de 2017 o projeto foi submetido a programas de inovação e torneios de empreendedorismo, visando a validação de negócio, identificação e maturidade para ser comercializado no mercado. Entre outras conquistas, o trabalho obteve o primeiro lugar no torneio “Cidades Inteligentes”, realizado pela PUCRS/ IDEAR.

Confira a reportagem completa, acessando o link à baixo:

http://www.pucrs.br/blog/dispositivo-que-protege-eletroeletronicos-e-primeiro-destaque-do-torneio-empreendedor/

Atualmente, com base nos protótipos testados, estamos desenvolvendo uma primeira versão que possibilitará, além da proteção elétrica já consolidada, a leitura proveniente dos dados gerados pela rede de energia contando com uma plataforma tipo “Cloud-Computer”.  

 

Estamos aqui para transformar a vida das pessoas e seus negócios, através da tecnologia e inovação. A P.A.R. busca um mundo onde a energia elétrica forneça informações inteligentes. Conte sempre conosco!